Lesão tira Mineiro da água por seis meses

Estiramento no joelho esquerdo aconteceu durante o Rip Curl Meo Pro e foi mais grave do que se imaginava

por Redação Almasurf, 21/10/2018
follow

De acordo com a assessoria de imprensa do surfista brasileiro Adriano de Souza, exames realizados nesta segunda-feira confirmaram a seriedade da lesão no joelho esquerdo do atleta, sofrida durante as disputas da etapa portuguesa da WSL.

Os médicos identificaram um estiramento parcial do ligamento colateral medial com ruptura do cruzado, o que vai exigir um período de recuperação de pelo menos seis meses.

Com isso, o campeão mundial de 2015 está fora da etapa final do Tour, marcada para o início de dezembro em Pipeline, no Hawaii.

"Infelizmente, a lesão era pior do que imaginava", comenta Mineirinho. "Mas estarei firme e forte para a primeira etapa do WCT de 2019. Tenho fé, vou dar o máximo de mim e vai dar tudo certo. Novamente, queria agradecer a todos pelas inúmeras mensagens que venho recebendo diariamente", disse o guarujaense.

Adriano de Souza agora segue a caminho de Florianópolis, cidade onde mora com a esposa Patrícia Eicke, para dar início imediato ao período de recuperação.