Yago é o cara em Maresias

Catarinense quebra a vala e vence etapa de encerramento da perna latino-americana da WSL; Paulista Wesley Santos é coroado campeão continental

por Lucas Conejero, 03/11/2018
follow

O catarinense Yago Dora derrotou o paulista Jessé Mendes no duelo decisivo e ficou com o caneco do Red Nose São Sebastião Pro, encerrado na tarde deste sábado na praia de Maresias, litoral norte de São Paulo.

Válido pelo Qualifing Series da WSL, o evento fechou a perna latino-americana da divisão de acesso do circuito mundial de surf e coroou o também paulista Wesley Santos como campeão continental da temporada.

O atleta de Peruíbe precisava de um nono lugar para garantir o título do circuito e foi no sufoco, com uma virada para cima do cearense Michael Rodrigues nos minutos finais da sua bateria da quinta fase.

Estou muito feliz por vencer essa final aqui no Brasil. Acho que nunca tinha feito um resultado tão bom em casa, na presença do público brasileiro”, disse Yago.

“É uma emoção muito irada ganhar o primeiro título na minha carreira como profissional e ainda mais da WSL. Representa uma importante para a minha carreira”, vibrou Wesley Santos.

Agora, todas as atenções se voltam para a perna havaiana, com as disputas da Tríplice Coroa e o encerramento do Circuito Tour, que promete ser emocionante, em Pipeline.

Vale lembrar que dois surfistas brasileiros seguem com chances de título. Líder do ranking, Gabriel Medina é o favorito. Terceiro colocado, Filipe Toledo ainda mantém viva a esperança. Julian Wilson, na segunda posição, pode estragar a festa brazuca.

Clique aqui e confira os resultados completos do Red Nose São Sebastião Pro.

Ranking WSL South America 2018

1 Wesley Santos (BRA) – 2.300 pontos
2 Alonso Correa (PER) – 2.280
3 Renan Peres Pulga (BRA) – 1.490
4 Jeronimo Vargas (BRA) – 1.420
5 Guillermo Satt (CHL) – 1.340
6 Samuel Igo (BRA) – 1.323
7 Facundo Arreyes (ARG) – 1.255
8 João Chianca (BRA) – 1.225
9 Yagê Araujo (BRA) – 1.165
10 Franklin Serpa (BRA) – 1.120