Morte, amor e surf

Estrela Terra faz um relato emocionante onde conta como o surf ajudou ela e a filha, Iasmim, a superarem a dor da perda do marido e pai Renato Ribeiro

por Redação Almasurf, 16/01/2019
follow

Esposa do piloto de asa-delta Renato Ribeiro, falecido em um acidente durante um campeonato em 2013, a professora de educação física Estrela Terra fez um relato emocionante no Facebook onde conta como o surf ajudou ela e a filha do casal, Iasmim, a superarem a dor da perda e encontrar um novo sentido na vida.

“Quando Renatinho faleceu, foi muito difícil retomar o surf com a Iasmim. Era uma coisa que ele fazia questão de fazer com ela e após o acidente estávamos muito tristes.

Vontade zero de sair de casa, vontade zero de fazer nada. Foi um momento difícil e delicado.

Numa daquelas tardes, quando eu e Iasmim estávamos em casa, ela ligou a TV onde passava um desenho chamado “O mundo triste do Pequeno Príncipe”:

- Olha mãe! Esse desenho chama o mundo triste do Pequeno Príncipe, igual o mundo que nós estamos agora, né? 


Meu coração se dilacerou. Eu precisava ser forte. Não podia deixar minha filha viver no mundo triste do Pequeno Príncipe.

Foi um estalo, sabe? Me fez levantar e tomar uma atitude:

- Vamos surfar filha, agora! 


E nós fomos. 


Na primeira onda, ela m olhou para mim muito feliz:

- Tá vendo mamãe como você também consegue. 


Foi muito emocionante. 


Assim voltamos a surfar! Saímos do “mundo triste do Pequeno Príncipe” para voltar a construir nossa história a cada dia, buscando a alegria e momentos felizes. 


Resolvi contar essa história pois muitas vezes ficamos na inércia e não tomamos uma atitude. 


Por mais difícil que seja, ou que pareça ser, nós temos força dentro de nós. Eu tenho, você tem!

Conseguimos mudar qualquer situação, transformar e recriar. 


Um beijo grande pra vocês que tiveram paciência de ler este texto grande sobre um pouco da nossa história. 


Muito obrigada ao fotógrafo Pedro Abreu que registrou este momento e a Escola Boas Ondas que nos auxiliou também.”