Capixabas dominam o Pro Série Brasil

Lucas Nogueira e Maira Viana são os campeões do Itacoatiara Pro Série Brasil, válido pela abertura do Circuito Brasileiro de Bodyboard Profissional 2019

por Redação Almasurf, 09/06/2019
follow

Os capixabas Lucas Nogueira e Maira Viana são os campeões do Itacoatiara Pro Série Brasil, válido pelo Circuito Brasileiro de Bodyboard Profissional 2019, encerrado neste domingo na praia de Itacoatiara, Niterói (RJ).

Após Lucas Nogueira erguer o caneco no sábado, em ótimas ondas de até 1 metrão, foi a vez de Maira Viana garantir o bicampeonato do evento e a hegemonia dos atletas do Espírito Santo no campeonato.

Campeã brasileira em 2018, Maira Viana repetiu o feito depois de derrotar a experiente Neymara Carvalho na decisão.

“Vencer em Itacoatiara é o sonho de qualquer bodyboard e conquistar o título duas vezes seguidas é muita felicidade. Só posso agradecer a Deus por essa vitória. Eu treinei bastante, fiz uma boa preparação física, alguns ajustes no meu surfe e deu tudo certo”, comemora Maira.

Já Lucas não vencia uma etapa do circuito desde 2013, quando faturou o troféu em Campos, também no Rio de Janeiro. “Venho batalhando pelo título nacional há anos e começar com uma vitória é muito importante. O título nacional é um dos meus objetivos e estou muito focado”, avalia Lucas.

Amadores

O domingo foi reservado também para as disputas finais das categorias amadoras do Itacoatiara Pro Série Brasil. Campeã brasileira Open Feminino em 2018, Luna Hardman abriu o circuito na liderança com a vitória em Itacoatiara.

A capixaba teve uma forte concorrência e levou a melhor por apenas 0,25 sobre a catarinense Isa Nunes, vice-campeã. Bianca Simões (terceira) e Jamille Carvalho (quarta) completaram o pódio.

Na Open Masculino o título foi para a Bahia com vitória de Gustavo Figueiredo, em final contra Thiago Barros (2º), Rannyer Lirio (3º) e Mateus Gomes (4º). O Ceará também contou com um atleta campeão no Itacoatiara Pro Série Brasil.

O título de Gabriel Castro, na Sub-16, mostrou que o trabalho feito no estado tem gerado ótimos frutos, revelando novos talentos. Já na Master, Eric Poseidon levou a melhor na decisão para garantir o título.

Itacoatiara Pro

Após o encerramento do Itacoatiara Pro Série Brasil todas as atenções estarão voltadas para a etapa brasileira do circuito mundial. Considerado o maior evento do mundo na modalidade, a janela do Itacoatiara Pro segue até o dia 19 de junho e os melhores atletas do mundo duelam pelos US$30 mill de premiação, além dos oito mil pontos no ranking mundial.