Óleo contamina praias do nordeste

Há 40 dias, manchas de óleo começaram a aparecer nas praias da região; Última estimativa do Ibama indica 124 praias atingidas em 59 municípios

por Redação Almasurf, 07/10/2019
follow

Há cerca de 40 dias, manchas de óleo começaram a aparecer nas praias do nordeste do Brasil. Até agora, as investigações indicam que são de petróleo puro e têm a mesma origem.

A pior situação está no litoral de Sergipe onde 11 praias foram afetadas. No último fim de semana, o governo instalou um gabinete de crise e decretou estado de emergência. No Rio Grande do Norte, picos de surf como a Baía Formosa foram seriamente afetados a ponto de surfistas saírem do mar com óleo grudado no corpo.

A última estimativa do Ibama indica 124 praias atingidas. Oficialmente, 59 municípios foram afetados em todos os estados: Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia e Sergipe.

O projeto Tamar suspendeu a soltura de tartarugas reabilitadas e 11 animais já morreram em função do óleo. Pelo Twitter, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que o presidente Jair Bolsonaro determinou urgência nos trabalhos de investigação.

Em nota oficial, a Petrobrás informa que o óleo não é produzido pela empresa. A Marinha e a Polícia Federal também investigam o problema, que pode ser proveniente de navios estrangeiros.

A principal suspeita é de que a limpeza nos tanques de um desses navios tenha despejado os rejeitos em alto mar e que o óleo tenha chegado às praias nordestinas trazido pelas correntes.