Temporada de ondas começa no sul e no sudeste

Pesquisador do CPTEC avalia tendência para os meses de outono na região

por Lucas Conejero, 26/03/2018
follow

Depois de um verão de pouca atividade no Atlântico Sul, com raríssimas ondulações consistentes, mais uma “temporada de ondas” se aproxima do sul e sudeste do Brasil.

Considere “temporada de ondas” o período que se estende entre o fim do mês de março até o início de junho, quando excelentes swells costumam atingir as duas regiões com fatores externos favoráveis.

Antenada nessa expectativa, a Almasurf, o portal dos boardsports, bateu um papo com André Lanfer, especialista em previsão de ondas do CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), órgão ligado ao INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Segundo Lanfer, previsões de médio prazo ou tendências sazonais são cercadas de incertezas. “Mas é possível dizer, por exemplo, que são pequenas as chances de termos logo de cara um “big swell”, comuns em anos mais quentes nas costas sul e sudeste”, diz Lanfer.

“Quando falo em big swell, me refiro à ondulações com séries que ultrapassam os 10 pés e 15 segundos de período”, explica o pesquisador.

Ainda de acordo com Lanfer, a tendência é de uma temporada com ondulações médias e de porte considerável. “Provavelmente teremos muitas ondulações como esta do último fim de semana”, aposta André. Nos últimos dias, muitos picos da região funcionaram com séries na casa de 1,5 metros e excelente formação.

Quando questionado sobre os motivos de termos mais dias com vento terral na região, Lanfer explica que durante esse período há mais variação na direção dos ventos. “Há também o enfraquecimento dos ventos alísios, fato que colabora para mais dias de vento off shore por aqui”, revela.

almasurfalmasurfalmasurfalmasurf