Confira a previsão para o fim de semana

Mar sobe no sul e no sudeste e os gráficos indicam uma boa vala para o norte e nordeste

por Lucas Conejero, 11/05/2018
follow

O portal Almasurf disponibiliza uma previsão especial para os fins de semana em todo litoral brasileiro.

Separados por região, os textos incluem, além do tamanho das ondas, a intensidade do vento, o volume de chuvas, a variação de maré e os fatores que influenciam diretamente a prática dos boardsports.

Sul

A previsão para o litoral sul indica um fim de semana de tempo parcialmente nublado. Há chance de pancadas de chuva ocasionais. As temperaturas variam entre 15°C e 28°C nos três estados - com as mínimas no RS.

No sábado, um pulso do quadrante sul (10 segundos) encosta e ganha intensidade até o fim da tarde. O mar reage no RS e em SC e as séries devem rolar entre meio e 1 metro - mais consistentes no fim da tarde. No PR, a ondulação passa um pouco por fora, mas pode rolar uma vala na casa de meio metro nos picos mais expostos.

No domingo, o pulso de sul (10 segundos) continua na área até o fim da tarde, quando uma nova ondulação do mesmo quadrante com período mais elevado (15 segundos) começa a ganhar intensidade. As estimativas indicam séries na casa de 1 metro em SC e no RS e de meio metro no PR.

Na segunda-feira, a nova ondulação atinge seu ápice (Sul - 15 segundos) e fica mais “angulada” para o litoral paranaense. O mar deve subir e as estimativas indicam séries na casa de 1,5 metros no RS e em SC e na casa de 1 metro no PR - mais consistentes no fim da tarde.

O vento do quadrante sul sopra entre fraco e moderado nos três estados nos dois dias. A variação de maré é de média / alta amplitude e vai influenciar na qualidade das ondas. Vale ficar de olho para cair no melhor momento do mar.

Sudeste

A previsão para o litoral sudeste indica um fim de semana de sol entre nuvens e temperaturas agradáveis, que podem chegar aos 30°C, com as mínimas na casa dos 20°C. Há chance de pancadas de chuva no fim da tarde de domingo, principalmente no RJ e no ES.

No mar, no sábado, em SP e no RJ, predomina um fraco swell do quadrante sul (10 segundos). As estimativas são de condições força barra.

No domingo, um novo pulso do quadrante sul com período bem elevado (15 segundos) começa a encostar e o mar entra em transformação. As séries podem ultrapassar a casa de 1 metro no fim da tarde em alguns points.

Na segunda-feira, um novo pulso do mesmo quadrante (Sul - 15 segundos) ganha intensidade e atinge seu ápice no fim da tarde com séries que podem ultrapassar a casa de 2 metros nos picos mais expostos, com expectativa de altas ondas para as disputas da WSL em Saquarema.

Já no ES, predomina um swell de sudeste (14 segundos), que perde intensidade gradativamente durante o fim de semana. As estimativas indicam séries entre meio e 1 metro nos dois dias.

O vento sul / sudoeste sopra entre fraco e moderado em SP e no RJ no fim de semana - mais intenso no Rio. Na segunda-feira, o vento vira para o quadrante leste e as condições podem ficar excelentes!

No ES, o vento sopra entre fraco e moderado - sem direção definida.

A variação de maré é de alta amplitude e deve influenciar diretamente na qualidade das ondas. Vale ficar de olho para cair no melhor momento do mar.

Norte / Nordeste

A previsão para os litorais norte e nordeste indica um fim de semana de sol entre muitas nuvens e temperaturas que podem ultrapassar os 30°C. Há chance de pancadas de chuva em todos os estados.

No mar, entre a Bahia e o RN, no sábado, predomina um pulso de sudeste com período de aproximadamente 7 segundos. No domingo, um pulso do mesmo quadrante com período elevado (14 segundos) encosta e ganha um pouco de força. As estimativas indicam séries entre meio e 1 metro nos picos mais expostos.

Entre o Ceará e o Pará, um pulso de norte / nordeste (8 segundos) encosta e ganha intensidade gradativamente até o fim da tarde de domingo. As estimativas indicam séries entre meio e 1 metro nos picos mais expostos e podem rolar boas ondas, ainda mais consistentes, em Fernando de Noronha.

O vento leste / sudeste predomina e não dá trégua entre fraco e moderado nos dois dias, sempre mais intenso durante a tarde, quando pode soprar forte, com rajadas de mais de 15 nós em alguns estados, garantindo condições para a galera do Kite e do Wind. Vale ficar ligado na variação de maré, que é de alta amplitude, para cair no melhor momento do mar.